19 maio 2013

Universo provavelmente nasceu do nada, afirma o físico Stephen Hawking.

 Segundo o cientista, "não há lugar para Deus nas teorias de criação do Universo". Anteriormente, Hawking havia afirmado que a existência de um criador não era incompatível com a ciência. Mas, em seu novo livro, ele conclui que o Big Bang é uma consequência inevitável das leis da física, nada mais. Na obra "The Grand Design", que será lançado no dia 9 de setembro, o físico afirma que o Universo não precisou de um deus para ser criado. - A criação espontânea é a única explicação para a existência do Universo - afirma. No livro, Hawking também contesta a teoria de Isaac Newton de que um deus teria desenhado o Universo, já que os planetas não poderiam ter nascido do caos. Citando a descoberta de 1992, que mostrou pela primeira vez planetas orbitando uma estrela que não era o Sol, Hawking disse que estão aparecendo cada vez mais evidências de que o Universo não nasceu como um "presente para os homens". - Não é necessário invocar Deus para explicar o futuro do Universo. Em seu best-seller de 1988, "Uma breve história do tempo", o físico parecia ter aceitado o papel de Deus na criação do Universo. - Se conseguíssemos explicar por completo a teoria da criação, teríamos o triunfo da razão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

pitacos carinhosos