13 maio 2010

detestar

detestar a pessoa,
é porque existe de fato uma pessoa que detesto?
onde está esta pessoa?
isso se diz respeito a outra pessoa?
ou
eu é que tenho dentro de mim "uma pessoa que detesto"
é esse "eu", a questão...
não existe felicidade,
sem a resolução desse "eu".

3 comentários:

  1. José Márcio Lemos - é isso, a felicidade, o ódio, a indignação, e outras questões tbém estão dentro e não fora.14 mai

    ResponderExcluir
  2. edu engler - relações (à coisas animadas ou inanimadas),
    já são intrinsecamente, entre algo dentro, "eu" ou "ego" (primária ou secundáriamente),
    a algo interno ainda ou externo.
    resolver este algo interno (primariamente), de controle ou posse,
    seja na forma de desapego ou bruscamente na forma de indiferença,
    é caminho inicial para evitar as "dores",
    que saltam (fora ou dentro),
    como detestar, odiar, gostar, desgostar, amar ou apaixonar;
    cabe, (creio)
    escolher o sentimento a nutrir (dentro e fora).15 mai

    ResponderExcluir
  3. oi, edú
    a escolha depende da liberdade
    a liberdade de si
    a liberdade depende do conhecimento
    o conhecimento de si
    o conhecimento depende da observação
    a observação de si
    a observação depende do interesse
    o interesse pelo não aparente

    ResponderExcluir

pitacos carinhosos