22 agosto 2009

Richard Dawkins

Foi no inicio dos anos 80, depois da volta da minha primeira viagem ao japao, eh que ouvi falar desse cara, o Dawkins. Romeu que gostava de genetica, nos tempos de veterinaria na UEL, tinhamos uma professora de genetica ( a Olivia, que foi casada com Hernan, o colombiano professor de biologia ). Diz Romeu que foi atraves dela que despertou nele o interesse pela genetica. Um dia, Romeu jogou um livro na minha mao: era o "O Gene Egoista". Na epoca, eu que nao gostava muito dessa materia, e estava muito mais interessado nos livros sobre spiritualidads, Krishinamurths, Rajneeshs, philosophias orientais, etc.. dei uma lida por cima... hum... hum... e ficou um tempao comigo, acumulando poeira num canto do estante. As vezes romeu pedia o livro de volta, e eu... ok, semana que vem devolvo... e devolvia. E ai, eu ficava... cacete, o que que Romeu ve no livro que ele quer tanto reler.... e um tempo depois pegava o livro de volta.... Recentemente, quando foi lançado o ultimo livro dele "Deus, um delirio", repercutiu em todas as colunas literarias de grandes jornais, blogs de divulgaçao cientifica, os saites criacionistas metendo pau, o escambau....
Bem... nao li o livro, mas ficou a impressao de que, pooo... o cara nao precisava ser tao beligerante, tao militante na causa cetica, isso so desperta negativamente as reaçoes emocionais, e fica essa briga das duas crenças, a dos que "acreditam" que deus existe X a dos que "acreditam" que deus nao existe.
E aih, eis que o cara resolve aparecer no Brasil na FLIP, me deu uma coceira danada dar um pulo ateh Parati ouvi-lo, mas caramba, estava me preparando para vir pro Japao. Hoje achei esse video....



Nenhum comentário:

Postar um comentário

pitacos carinhosos