04 julho 2009

500 milhões em ação - Mark Shuttleworth


http://revistatrip.uol.com.br//160/500milhoes/home.htm

Depois que voltou do espaço, Mark Shuttleworth fez vasectomia. "Tchufff", ele diz, erguendo os dedos e imitando uma tesourinha. É que, lá dentro da nave russa, Mark contemplou o óbvio: a Terra é azul, mas a coisa tá preta. Tem gente demais no mundo, sete bilhões. São mais humanos do que dólares em sua conta. Ele tem tantos dólares quanto, digamos, chineses na China. E o rapaz não quer transformar sua fabulosa fortuna em herança. Não teve nem terá filhos. Pé no chão que é, prefere gastar seu cofre em um legado. Vai ver que é por isso que, apesar de bilionário, 34 anos, boa aparência, muito inteligente e promissor, more sozinho em um apê de um quarto.
Sala, copa e cozinha conjugadas, no primeiro andar de um prédio antigo, sobre uma loja da Ralph Lauren. Apartamento lindo, diga-se, amplo, em um dos melhores bairros de Londres. Onde, ao abrir a porta da frente, contempla-se sobre a mesa um monitor da Apple de 24 polegadas. Seu computador não usa Windows, nem o OS do Mac. Roda com Ubuntu. E Mark trabalha nesse software todos os dias para que você, leitor, logo trabalhe nele também. "Quanto custa o programa?", você pergunta. Nada. Sua empresa dá softwares.

cotinua>>>>

Nenhum comentário:

Postar um comentário

pitacos carinhosos