23 agosto 2008

Alzheimer, a doença da alma



assisti o filme "as memórias do amanhã", com ken watanabe (cartas de ioujima, o último samurai)
a história de um casal, cujo o marido é diagnosticado de mal de alzheimer, precocemente aos 49 anos.
caramba! mexeu comigo....
aos poucos, a pessoa deixa de ser a pessoa...
seria eu capaz de continuar amando a pessoa que não me reconhece mais?
e se eu ficar assim... a ines continuaria me amando?
e se ela ficar assim... eu continuaria amando-a?
video no yotube -> http://es.youtube.com/watch?v=dI0-QJrBKpA



Memórias do Amanhã

Um comentário:

  1. Olá Alam,
    Eu irei assistir a esse filme que vc falou sobre o casal que o marido teve Alzheimer (mas se tiver traduzido).
    Vejo que vc deu o título de "Alzheimer, a doença da alma" a essa chamada. Sabia que escrevi um livro com esse título? O livro também é interessante, pois conta um pouquinho dos problemas que tive com minha mãe quando descobrimos que ela estava com a doença. Mas a minha história é muito curta, não quis entediar o leitor. Aproveitei para colocar dicas de como sacar os primeiros sintomas da doença. Do que fazer no caso do diagnóstico ser positivo e que providências tomar para atenuar o sofrimento de todos que cuidam desse doente de Alzheimer.
    Descobrir vc pesquisando o nome do meu livro.
    Um abraço e obrigada pela dica, se não fosse por vc, eu jamais iria saber sobre esse filme.
    Laura Botelho

    ResponderExcluir

pitacos carinhosos