22 julho 2012

é do outro ou de mim?

quando falo do outro, da outra pessoa
no fundo eu estou falando de mim
porque....?
quando digo que a pessoa é chata, que a pessoa é irritante,
no fundo (ou na verdade) estou falando de mim,
desse "eu" que sente a outra pessoa irritante.
portanto, não é da pessoa que estou falando
estou falando é de mim...

da mesma maneira
quando digo que existe um deus ( se eu fosse um crente)
não estou falando de deus
estou falando de deus que "eu acredito"
ou seja, estou falando de mim

ou
quando digo que não existe um deus ( se eu fosse um ateu)
não estou falando de deus
estou falando de deus que "eu não acredito"
ou seja,
estou falando de mim

eu penso que sem essa compreensão
qualquer conversa que seja,
tende a ser uma conversa de surdos
ou seja: uma série de monólogos unilaterais
que tal?
não seria assim?

2 comentários:

  1. O artigo 13, item 1 do Pacto de São José de 1969, advindo da Convenção Americana de Direitos Humanos a qual o Brasil aderiu e recepcionou no plano interno em 1992, afirma: Toda pessoa tem direito à liberdade de pensamento e expressão. Esse direito inclui a liberdade de procurar, receber e difundir informações e idéias de qualquer natureza, sem considerar fronteiras, verbalmente ou por escrito, ou em forma impressa ou artística, ou por qualquer meio de sua escolha.
    Romeu de Lima - Escritor premiado pela Sec. Cultura do E.S.Paulo premio Meito Cultural - www.conspiracoes.com.br

    ResponderExcluir
  2. Pois é..... estamos falando de você, ou de mim????

    ResponderExcluir

pitacos carinhosos