10 novembro 2010

motivação

se  a
 

motivação 

é antecipação do prazer, 

o que tenho
 
como  

prazer?

?

7 comentários:

  1. a motivação já faz parte do prazer?
    se for assim, o prazer seria o processo.

    ResponderExcluir
  2. o prazer, aqui, eu quis dizer a respeito da experiência do passado, da qual elaboramos, arquitetamos e projetamos a repetição (ou multiplicação) no futuro.

    ResponderExcluir
  3. José Márcio Lemos10 de novembro de 2010 17:35

    motivo para agir ... motivar para a ação... com prazer ou sem prazer, diversos são os motivos, ou vc age ou vc age, ou incentivado ou obrigado, movimentos reativos ou proativos, obrigados ou projetados

    ResponderExcluir
  4. Alam isto me lembra textos do Krishnamurti, onde ele fala sobre a busca da repetição do prazer primordial, que na real não existe, o que existiria seria apenas um marco da coisa na mente.

    ResponderExcluir
  5. uai, zémineirim
    se vc se enxerga, qual é a sua?
    a sua motivação, claro... hehehe

    ResponderExcluir
  6. Motivação talvez tenha mais conteúdo cultural... se economizar energia é uma regra na natureza, talvez nunca desejamos (e 'desejar' é diferente de 'querer' como diz Lacan) fazer algo a não ser o mínimo... nossa, que papo de folgado! rsrs

    ResponderExcluir
  7. ai, ai,ai..... palavras que nos enrolam, todas travestidas de sentimentos.
    Onde andarão os sentimentos, heim...heim...
    que saudade que deu docê

    ResponderExcluir

pitacos carinhosos