02 novembro 2009

Sagai-san, Nobu-san, Miyati-san, Konami-san, eu e Ines


É aquela coisa. Não é porque é Japão, a Ines deixa de ser Ines. Já havia postado aqui a minha contradição existêncial no meu papel (pretensiosamente como um indivíduo autônomo, autêntico e original), ainda que provisoriamente "marido" há exatos 26 anos, enfim como já indagava o cheique, aquele que espirra: "ser ou não ser, this is the question....: sou Alam ou sou marido da Ines?.

Bão, tudo isso era pra dizer que, tal como acontece no Brasil, nas feiras, nas reuniões de amigos, de cursos e o escambau, é só a gente (eu e ela) aparecer na Vila Yamaguishi no Japão ( Toyosato Jikkenti ), a cada esquina, aparece alguém, ahh Inessuuuu!!! pracá, ohhh Inessssu!!! pralá... e o pior, se pergunto pra Ines, quem é essa aí que você cumprimentou? você conhece? e ela: claro que conheçooo. Ah tá, e como ela se chama? ela, ....num sei, esqueci.

E claro, fiz cá no meu cantinho o meu levantamentozinho aleatório, acho que 90% das pessoas, ela não sabe o nome. E o que eu admiro nela é que, ela conversa com um tal entusiasmo e intimidade com essas pessoas como se as conhecesse desde criancinha..... ai, ai, eu não consigo.

Ah, ia esquecendo de complementar que nos 10 primeiros anos de morador de Vila Yamaguishi, moramos um longe do outro, separados, ora eu no Brasil e ela no Japão, eu na Fazenda e ela no sitio da Vila Yamaguishi em Jaguariúna, se contar os anos que moramos juntos, acho que vai dar menos que 5 anos...

Mas essas são outras histórias, a foto de cima, ah, esses ai sim, nós nos conhecemos de verdade, isso sim, mutuamente.... o casal Sagai, e o casal Miyati. Há 9 anos, Sagai-san e Nobu-san, eles moraram por quase 2 anos, na Vila Yamaguishi. Eles queriam continuar morando conosco, teve que volar para brasil, por causa de visto. O outro é o Miyati que sempre que visitamos a Vila Yamaguishi no Japão, foi ele quem nos recebeu, nos acolheu, nos ouviu nos momentos mais digamos assim, de maior apuro.

O prato do jantar foi ODEN. Esse sim, um típico e tradicional prato, coisa de povão mesmo, o que corresponderia a nossa feijoada no Brasil. No caso do ODEN, usa-se muitos legumes, derivados de peixe (embutido de peixe), raizes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

pitacos carinhosos