07 novembro 2005

Agradecer

Sinto muito agradecida estar viva nesste momento
É uma gratidão inmensa de ter contatado de verdade aquilo que eu sou
Que lindo que somos seres de tanta luz e amor
Que bom que temos o privilégio de estar vivos nesste planeta tão lindo nesste momento
Que bom que nosso amor e capacidade de curar a dor no mundo não tem limite

Agradeço o sol que está iluminando as árvores, as casas, os animais, as plantas, os microorganismos e todos os outros seres que estou vendo e sentindo da janela onde estou sentada.

Agradeço o céu tão azul, tão cheio de mistérios e infinidade.

Agradeço as nuvens carregadinhas da nossa segunda chuva, elas estão nos abençoando com a água que a terra precisa para alimentar as plantinhas, os animais, as montanhas, o mar, e todos os outros seres do planeta.

Agradeço o vento que traz as nuvens de chuva.

Agradeço a terra que beija as minhas mãos quando estou mexendo na horta, ela me enraiza e me lembra de sempre ser humilde e agradecida.

Agradeço todos os seres humanos na minha vida que me amam e que me fazem sofrer também, tudo é um grande presente do universo.

Agradeço o outono que estamos vivendo agora, tanta moranga, maçã deliciosa, tanta abundância da terra para a gente se preparar para o inverno.

Agradeço as cores tão variados no mundo, o vermelho, amarelo, verde das árvores que estão me acompanhando nesste momento.

Agradeço o frio que nos lembra que é preciso descansar, que nos lembra de voltar para dentro e re-visitar as nossas intençõeses para esste ano, que lembra a gente que é hora de ouvir o corac,ao e juntar-se ao fogo para esquentar.

Agradeço as plantas e os animalzinhos que tem a sabedoria de morrer quando esta na hora, de respeitar a morte porque sabe que ela tambem é a vida e que sempre todo continua e evolui e muda e se transforma. podemos aprendar tanto da sabedoria delas.

Agradeço as águas que nos lembram que todo na vida é energia fluindo, que tudo é movimentação, que tudo é processo que esta se fazendo continuamente.

Agradeço o sangue que corre no meu corpo, a água dentro de mim.

Agradeço a sangue que está saindo do meu corpo agora, lembrando que sou mulher e que o universo me deu o grande presente de poder sustentar e carregar outro ser vivo dentro de mim.


Agradeço o fogo que nos lembra do nosso espírito, que nos lembra que tudo é dinâmico, que tudo esta se criando sempre com um mistério e uma liberdade profunda e natural, que somos tão etéreos e tão terrestres ao mesmo tempo.

Agradeço a vida por tanta abundância, por tantas manifestações do amor e do mistério que enche as nossas almas em cada momento.

Agradeço os nossos ancestrais todos, por caminhar o caminho que fez possível a nossa existência, por sempre amar a gente e estar ali no mundo dos espiritos sempre prontos para guiar a gente.

Agradeço os seres que estão sempre cuidando da gente mesmo que a gente não seja conciente disso ou não os reconhece as vezes.

Agradeço as estrelas por lembrar a gente toda noite do nosso lugar no universo, que somos tão pequenos e tão infinitos ao mesmo tempo.

Agradeço a infinita beleza da vida e do amor que faz possível a existência dos planetas, do sol, das estrelas e de todos os seres no universo.

Agradeço voces, por todo aquilo que a gente compartilhou e que a gente segue compartilhando.

Agradeço a abertura de coração que deixa o amor divino entrar no mundo através da gente.

by amiga D.G.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

pitacos carinhosos